Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



14
Out20

Os amigos que estão lá

por cristina mota saraiva

De repente lembras que um dia tiveste muitos amigos. Tinhas uma quinta com piscina e muita gente a frequentá-la, em altas jantaradas, petiscos e afins. Depois, como a vida dá muitas voltas e nem sempre para o lado melhor, perdes tudo, e atrás vão também esses amigos (?????).

cris e vania1.jpg

Mas tu continuas e escolhes fazê-lo sozinha… longe dessa gente! Restam poucos, muito poucos e curiosamente nenhum desses que frequentavam a quinta!

 E como tu vales, muito mais que isso, há outras pessoas que se vão aproximando e com quem te vais cruzando. E porque tu vales muito mais que essa gente, vais reunindo pessoas ao teu redor e conquistando novos amigos.

Alguns deles até improváveis. No decorrer da tua recuperação e na passagem esporádica ao longo da semana por uma instituição, precisamente para fazeres essa recuperação, cruzas te com técnicos monitores, outros doentes, enfim, uma panóplia de pessoas a quem te vais ligando de uma forma ou de outra. Mas crias laços.

E depois descobres que um(a) terapeuta, uma das tuas monitoras, um (a) das tuas técnicas, se pode tornar na tua amiga. Não há amigos improváveis. Há AMIGOS!!

Amigos que te ouvem e compreendem, também para além do psicólogo, que te ajuda a discernir as tuas duvidas e a encará-las com clareza.

Então percebes que os amigos não se escolhem, não se procuram, aparecem e esses são os melhores, porque surgem do nada e sem interesse, que não seja estar contigo, ajudar te, amparar te. Sem pretender personalizar a questão, (não devo fazê-lo, não me ficaria bem), descobres então essas pessoas boas, que te dão o ombro, a mão e todo o apoio que precisas. E tu percebes, então que amigo não é aquele que se diz é aquele que se faz, é aquele que está.

Está lá, mesmo que pareça que não está. Mas tu sabes que está!!

E continuas a perceber a cada dia que passa que esses amigos estão mesmo e que contas com eles. E eu fui descobrindo esses amigos, sem interesse, sem cobrança, apenas o estar a teu lado! A Vânia (na foto) é uma delas e muitos outros que fui ganhando na Associação de Apoio à Criança. Os outros, os de sempre continuam, mesmo aqueles que um dia pensei que não continuavam. Mas ficaram!



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2021
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2020
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2019
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2018
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2017
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2016
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2015
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ